(31) 3272-9300

Nível de emprego na construção civil cai 1,57% em novembro, diz SindusCon-SP

Em novembro de 2014, o nível de emprego na construção civil brasileira apresentou queda de 1,57%, com fechamento de 54.694 vagas, na comparação com o mês anterior, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira (14) pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com o resultado, ao final do mês o número de trabalhadores do setor somava 3,434 milhões. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, quando a construção empregava 3,538 milhões, a pesquisa indica queda de 2,94%, ou 103,8 mil vagas.

Entre janeiro e novembro, na comparação com o mês período de 2013, a queda no número de empregados foi de 0,14%. O saldo líquido de contratações, portanto, está negativo em 14,8 mil vagas. No mesmo período do ano anterior, o setor registrava um saldo positivo de 141 mil vagas.

As cinco regiões do país tiveram resultados negativos no período. No Sudeste foram fechadas 23.853 vagas; no Norte 8.212; no Nordeste 8.638; no Sul 3.337 e no Centro-Oeste 10.924.

Estado de São Paulo

No Estado de São Paulo, o indicador apresentou declínio de 1,05% em novembro ante outubro, com o saldo entre demissões e contratações negativo em nove mil trabalhadores. Com o resultado, o número de empregados na construção civil no estado paulista ao final de novembro somava 857,2 mil pessoas com carteira assinada.

Já no acumulado do ano, o indicador registrou baixa de 0,42%, com o corte de 3,9 mil vagas, na comparação com o mesmo período de 2013. Na comparação com novembro de 2013, quando o Estado empregava 871,9 mil trabalhadores, o levantamento apresentou baixa de 2,73%.